17 de novembro de 2008

Amor? Liberdade?


Quem se entrega totalmente que se sente livre,ama ao máximo,

e quem ama ao máximo sente-se livre.


Jovens sonhadores são ingênuos e só quebrando a cara aprenderão,

que amor eterno é uma utopia, casamento perfeito uma tremenda

ilusão,príncipe encantado uma fantasia, monogamia o mesmo que prisão..


Quem ama é assim, a riscos se expõe,Quem ama se entrega e nessa

entrega pode se machucar,mas esse é o desafio de quem quer amar..


Hoje estou convencida que ninguém tem ninguém porque ninguém é de

ninguém.Essa é a verdadeira experiência da liberdade:ter a coisa mais

importante do mundo sem possuí-la.

Amor é tudo amor.


Nathália Monte

3 comentários:

Danillo Araújo. disse...

oi nat... vc tem um blog
??

fiquei sabendo agora--^^

Gostei das postagens...

muito massa...

Amor? Liberdade?

bjs...

:*

Jordana disse...

Acho sua escrita incrível e madura.

Sim, amor é tudo amor... mas há maneiras diferentes de interpreta-lo, né?

Mais uma vez parabéns pelo blog!

E um excelente 2009 para você Nathalia!

=)

Antonio Brito Jr. disse...

Excelente, Nati! Vc, como sempre impressionando muito, hein? Ficou lindo mesmo a colocação das palavras. Vc tem uma intimidade tremenda. Como vc é impar, viu?

Sei não... rs

Bjos