21 de março de 2009

Pequena, pouco e simples.

Conheço romance pelos livros,
Vivo os amores de música, sinto mãos dadas nas pinturas
Apenas assim... minhas mãos são sempre vazias.
Os olhares voltados à mim vejo de momento
E se vão com a mudança de cor do farol.
Meu rosto marca que espero um amor amado...
Certeza.

Amor de alma, aquele que nunca muda.
Nem para ódio, nem para compaixão.
Pleno e amigo... tão simples, tão paciente
E tão sincero que me magoaria pela verdade
E nunca por uma mentira.

Eu só sei amar assim,
Um amor confiado... Que se ganha com o tempo.
Não um simples encantamento, não existe amor á primeira vista.
Amor assim é fingido... Amor de um vasto coração leviano.

Sou de pequena, poucos e simples:
Pequena família, poucos amigos e da simplicidade de um homem
Que ainda não conheci.

"E para os dias de amores confiados em vão, só a desventura da ilusão;
Que passa com os segundos das horas e que evapora com o fervor do otimismo."

Meu coração me disse isso.
Jordana Braz


# pessoal brigada pelos selos,pelo carinhoO..beijO
ah..tow fazendo em média 15 redaçoes por semana!minha criatividade ta se esgotando =O

13 comentários:

Thaís A. disse...

HAHAHA, não sei porque mais achei engraçado a parte do homem que ainda não conheci :B

Lindo mesmo, parabéns *-*

Thiago Assis disse...

põe as redações no blog ^^
é simples =D

sobre a poesia,
que liiinda *.*


www.thiagogaru.blogspot.com

Bertonie disse...

Ué, inspire-se nas redações. Muitas falam sobre temas super interessantes e muito legais para se discutir. rsrskkk

"Pequena família, poucos amigos e da simplicidade de alguém
Que ainda não conheci."
adorei essa parte.


beigos mil

Maria Inácia Bellico disse...

Que lindo! Ah tá bem criativa sim. Eu adorei o texto. Seu ponto de vista sobre o amor é ótimo e eu concordo.

Bjim*

Prii Carvalho disse...

Se você consegue escrever 15 redações por semana, então sua criatividade deve ser inesgotável.

Ameeei a poesia, fato :')


Já disse q adoro teu blog né?!

bjs;*

emilie d. disse...

Hey, você tem talento!
coisa que poucos têm...
e concordo com oteu texto. também ão gosto de amor fingido.

Anaa Bia ;) disse...

Omg ! Lindo !

Amor, uma coisa boa, mas que faz as pessoas sofrerem demais. Como pode isso ?

Lindo, lindo, lindo !

Sheila disse...

Obrigada pela vsiita :)

""E para os dias de amores confiados em vão, só a desventura da ilusão;
Que passa com os segundos das horas e que evapora com o fervor do otimismo."

adorei *-*

teu coração diz muitas coisas boas :)

um beeijo ;*

Taty Maria disse...

lindo demais!!!

Jordana disse...

Menina!

Você publicou minha poesia!!
Nossa... fiquei surpresa!

Me sinto honrada, muito obrigada!

Bom saber que o que sinto é algo divisível!


Obrigada mesmo.

Beijos.

Ná Lima disse...

Muito bonito, os outros textos também incriveis! Coloca as redações no blog assim os problemas resovem hehe
Desculpa pela demora de responder o comentario, é a falta de tempo. Mas, muito bom mesmo. Voltarei mais vezes!!

Ivi Derzi disse...

Simplesmente lindo!
Dá até pra sentir daqui esse amor ideal, adorei!

Gostei daqui, vou voltar mais vezes :)

Beijo e parabéns pelo blog!
;*

Daniel Savio disse...

Hum, o amor é a única "droga" que é realmente permitida...

Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de verdade e maldade.

Fique com Deus, menina Nathália.
Um abraço.